Notícias

Dados da Susep mostram que arrecadação do mercado subiu e sinistralidade caiu

As informações foram obtidas a partir dos dados encaminhados pelas companhias supervisionadas.

Da Redação
Dados foram divulgados pela Susep nesta semana.

Dados foram divulgados pela Susep nesta semana.

A Superintendência de Seguros Privados, a Susep, órgão do governo federal que supervisiona o mercado de seguros, divulgou esta semana a síntese dos principais dados relativos ao desempenho do setor de seguros até março. As informações foram obtidas a partir dos dados encaminhados pelas companhias supervisionadas. 

O documento é atualizado de acordo com o envio pelas empresas, podendo haver ajustes em função de recargas do Formulário de Informações Periódicas (FIP). A menos que indicado de forma diferente, todos os valores são apresentados em termos nominais. 

Na edição de março de 2022, os principais destaques foram: 

1) A arrecadação do setor supervisionado nos três primeiros meses de 2022 foi de R$ 82,14 bilhões, o que representa crescimento de 15,4% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram movimentados R$ 71,16 bilhões. 

2) Os segmentos de seguros apresentaram crescimento de 15,8% no primeiro trimestre de 2022, em relação a 2021. Foram arrecadados R$ 72,19 bilhões nos três primeiros meses de 2022. Nos seguros de pessoas, o grande destaque foi o seguro de vida, que atingiu o montante de R$ 6,19 bilhões nos três primeiros meses do ano. O valor corresponde a um crescimento de 18,2% em relação ao mesmo período de 2021. 

3) Os seguros de danos continuam apresentando forte desempenho, com alta de 22,0% na arrecadação de prêmios na comparação do primeiro trimestre de 2022 com o primeiro trimestre de 2021. A arrecadação de prêmios no seguro auto atingiu R$ 10,63 bilhões nos primeiros três meses do ano, valor 23,3% superior ao do mesmo período de 2021. 

4) Em março, a sinistralidade do seguro de danos registrou redução, fechando o mês em 69,2%. Em fevereiro, o valor registrado foi de 81,3%. A sinistralidade dos seguros de danos, em março de 2021, foi de 54,6%. Nos seguros de pessoas, a sinistralidade, em março de 2022, foi de 32,5%, frente aos 49,5% e aos 32,9%, observados em março de 2021 e fevereiro de 2022, respectivamente. 

5) A linha de negócio rural foi novamente destaque, com crescimento de 50,3% na arrecadação de prêmios no primeiro trimestre de 2022, na comparação com o mesmo período de 2021. Os seguros das linhas patrimoniais também se destacaram, com crescimento acima de 30%.

Para ver a síntese na íntegra, acesse AQUI.