Notícias

Inadimplência nos planos de saúde familiares em maio aumenta de 12% para 15%

Já nos planos coletivos, a média subiu de 6% para 8%. Se considerados os dois grupos, a inadimplência geral foi de 9% para 11%.

Da Redação
Os dados de inadimplência foram divulgados pela ANS na semana passada.

Os dados de inadimplência foram divulgados pela ANS na semana passada.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou na última semana que a inadimplência dos planos de saúde subiram no mês de maio, em relação a abril.

Nos planos familiares, o percentual de clientes que não quitaram o valor contratado subiu de 12% para 15%. Já nos planos coletivos, a média subiu de 6% para 8%. Se considerados os dois grupos, a inadimplência geral foi de 9% para 11%.

A agência decidiu usar uma mediana em vez de uma média simples. Segundo a agência, "a mudança foi feita por ser a mediana mais adequada quando há dados discrepantes – natural em virtude da grande heterogeneidade do setor –, evitando que valores destoantes interfiram no resultado da análise".

Os dados de inadimplência incluem 102 operadoras, que reúnem 74% dos beneficiários.