Notícias

Acidentes de trânsito envolvendo ciclistas custam cerca R$ 15 milhões ao ano ao SUS

É o que mostra um estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) publicado pelo Jornal da USP

Da Redação
Na última década, 13.718 ciclistas morreram no trânsito.

Na última década, 13.718 ciclistas morreram no trânsito.

Nestes tempos de pandemia, em que o isolamento e o distanciamento social estão presentes, muitos se renderam às bicicletas como opção de  transporte, atividade física e lazer. No entanto, a relação entre ciclistas e o trânsito das cidades brasileiras é considerada conturbada. 

É o que mostra um estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) publicado pelo Jornal da USP.  A pesquisa mostra que, na última década, 13.718 ciclistas morreram no trânsito após se envolverem em algum acidente, 60% deles em atropelamentos. 

Além disso, cerca de R$ 15 milhões são gastos todos os anos pelo SUS para tratar de ciclistas que sofrem de trauma após colisão com outros veículos. “O trauma é uma lesão causada por agente externo e tem acidentes de trânsito como principal causa”,  explica Maurício Godinho, médico especialista em Cirurgia do Trauma e diretor da área de Trauma do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina (FM) da USP de Ribeirão Preto.

Godinho, em entrevista ao Jornal da USP,  destaca que o trauma é a principal causa de morte entre pessoas de zero a 49 anos e a terceira maior causa de morte entre todas as idades. O médico também comenta que os atropelamentos ocorrem, principalmente, em razão de imprudência no trânsito: “Ultrapassagem de limite de velocidade, não uso de setas de segurança, a falta de uso de equipamentos de proteção, ou seja, o desrespeito às leis de trânsito e de boa convivência no trânsito”.

Segundo dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), houve uma queda no número de mortes no trânsito, que caiu anualmente entre 2015 e 2019. Mas, somente em 2019, o número foi de 30 mil mortes, incluindo transportes como carros, motocicletas, bicicletas e também pedestres.